Seguidores

New Translator....

quinta-feira, 25 de novembro de 2010

Mulher crua e nua

Mulher crua e nua

Ela vive nesta sociedade hipócrita e vazia
Ela tem que ser a santa perante todos
Principalmente durante o dia na velha igreja
Aquela judaico-cristão, castradora na América Latina
Que queimou bibliotecas e ensinamento em outros dias
Que queimo mais de 50 mil mulheres na Santa inquisição
Em nome de Deus, que isso não ensinou não
Ela tem esse papel, por boas razões
Mas na cama do seu macho e puta de fato
E lá tem direitos de fazer do sexo, arte com jeito
Ser a mãe da terra no altar pagã, ser a que germina
E dá vida ao homem, mas também pode usar o corpo
Conforme a fome, desejo, luxuria e a libido
Pois é Rainha e também quer e é bandida
Faz o que o homem pede, mas é ela que escolhe parceria
Nunca pense que conquistou uma mulher, algum dia
Foi à fêmea que sentiu cheiro de Lobo alfha
E deixou sinais e perfume, sedução e depois se deixa fazer
Mas ela que tem o poder

Ulisses Reis®
21/08/2010

2 comentários:

Arigi Kuwanna disse...

Lindo! Simplesmente Lindo!!!
Adorei o poema.
Beijos, se cuida.

*Mi§§ §impatia* disse...

Linda homenagem querido, adorei.....Muitos beijos.