Seguidores

New Translator....

quinta-feira, 27 de maio de 2010

Objeta


Objeta



Não quero deixar-te quieta
Pois faz mal, quero alerta
Hidalgo vem e me acerta
Diga aquilo que me aporta
De longe grite me afeta
Não suporto minha musa
Sem festa
Onde andas, só trabalho
Talvez esteja correta
Mas sinto falta, musa completa
Sabes sou de altos e baixos
Depende da oferta
Nestes dias algo é opereta
Pequeno e chato, uma reta
Falta as Sardas e Curvas
Minha mente projeta
Sim curvas de uma mulher
Não objeta. . .



Ulisses Reis®
11/08/2009

3 comentários:

Marcia disse...

Por onde anda a sua musa????
Só trabalha???
Mas e a vontade de querer-te e estar ao teu peito a descansar...e os corpos juntos a dançar a cançaõ do amor...aquela que embala os sentidos...que faz a mente viajar...o corpo tremer...as mãos a passearem por todo o seu corpo???
O musa...solta sua magia...libere sua imaginação e sente todo o tesão desse homem que te deseja e que ter quer por inteira...
Meu menino...essa musa está precisando acordar para o tesão que é viver uma vida com aventuras...
Estou sem palavras para lhe agradecer por tanto carinho meu menino...
mas voltarei mais tarde para comentar tudinho meu menino...
Bjs da sua Marcia...

Mel dupla personalidade disse...

Sua musa não é tola, para perder o poeta preferido .... bjs doces

Mel dupla personalidade disse...

Se me afasto um pouco
é por necessidade
e quem sabe?
Saber se falta te faço
nesse mágico mundo de luxúrias
onde musas despudoradas
te fazem a corte, safadas!