Seguidores

New Translator....

quarta-feira, 5 de maio de 2010

Libido




Libido


Como todo ser, mas com beleza impar
Você é única minha querida, com teu
Brilho feito para alastrar
No Universo tens um ar diferenciado
Esta aqui para sonhos alimentar
E quem sabe às vezes me almoçar
Estrela sempre forte a me alvejar
Com sensibilidade e feliz conquistar
Sendo uma mulher romântica aguçar
Não podes viver do que te deixou amachucar
Use tuas dores e poesia para se libertar
De tudo que tenha ou vem amargurar
Nada de deixar o peito anacronizar
Tens teu coração e sentimento para amparar
E assim com beijos molhado e gostoso alvejar
Com ar puro na frente abra o ângulo
Para tua busca amplificar


Ulisses Reis®
27/04/2010

2 comentários:

sub yarin disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Edi disse...

Quando nos deparamos tentamos ser bons amigos pra nada rolar apenas papear mas basta um toque que nossos corpos se unem é inexplicável depois de tapinhas e brincadeiras uma chama lá estamos sem local , sem horas, sem pensar um ato praticamente irresponsável nosso guia : apenas o instinto suas mãos apressadas e trêmulas despindo meu corpo respiração ofegantes seus lábios molhados, colam aos meus Que saudade! Quanto tempo... Ainda quero que me tire do sério e seja minha insanidade somos totalmente loucos amantes e amados. Bjkas em ti meu e-terno amigante!