Seguidores

New Translator....

segunda-feira, 26 de abril de 2010

Rodamoinho


Rodamoinho

Você é o esboço
Algo de bom e louco
Divide o medo, paga o almoço
Sim sou puto, mas conquisto
Não magoou, só você assisto
Tuas duvidas não são comigo
Sabes bem que sou lobo
Tens medo é do cordeiro
Que diz amar sempre
Depois do jantar
Aqui é rodamoinho
Te espremo, faço você de vinho
Nunca sabe o que vai
Acontecer, mais paixão vai ter
Gostas de se oferecer
Vem nas minhas coxas
Vai ter, prisão e tesão
Agora cordeiro
Tudo muito ordeiro
Sem proposta, insana
Nem mente profana
Ou infame
Que te faz fêmea
Sempre em cio
Outra vez, psiu
Paga o almoço
Há vem cá
Me beija gostoso
Vai

Ulisses Reis®
11/08/2009

4 comentários:

Solange Maia disse...

esses amores "fora de hora"...
quentes, envolventes, atraentes...

e sempre digo que é dos "lobos' que elas gostam mais...

gostei !
beijo

*Mi§§ §impatia* disse...

Ela vai sim, pode apostar rsss
Beijos querido.

carol sakurá disse...

Hum depois de um pedido desses..rs.
Obrigada por visitar o Le Poete en Fleur!
Adorei a caliência dos versos!
Abs!

Sonia Pallone disse...

Linda paisagem pintada através dos seus versos, e das imagens tão bem escolhidas, numa íntima e
deliciosa sintonia...Bjs poeta do amor!