Seguidores

New Translator....

sábado, 30 de julho de 2011

Há Braços

Há Braços





Sinta meus braços
Forte eu laço
Teu corpo no meu
Agarro-te nas ancas
Tomo posse e beijo
Sinta meu desejo
Nas coxas eu roço
Com meu desejo
Tu és minha terra
Meu arado penetra
Quero todo teu mel
Teus olhos me dizem
Que me aceita inteiro
Essa língua desejo
Serpente inclemente
Dispara suculenta
No meu corpo
Desliza e arrepios quentes
Explode num beijo
Pura e ardente
Facho de luz
Num só corpo
Finalmente





Ulisses Reis®
26/03/2008

5 comentários:

Escarlatte disse...

Hummm, quão delicioso és o querer!

Belissíma foto.

Severa Cabral(escritora) disse...

Olá meu amiguinho!
Estou sentindo sua falta lá no meu cantinho,estou com uma postagem linda,passa lá para conferir...

"Abraços
nos meus braços
sinto meus braços
ns teus abraços..."

Bjs de final de semana!

Bandy disse...

Agradezco os suus comentarios uma aperta

Sonia Pallone disse...

Seu espaço é mágico, sedutor, inebriante...Beijo grande meu querido, obrigada pelo carinho no Solidão enquanto estive ausente.

MARILENE disse...

Muita sedução e grande desejo, em versos e composição linda.
Bjs.