Seguidores

New Translator....

sábado, 9 de julho de 2011

Cabelo caído


Cabelo caído

Esse teu sorriso brejeiro
Esse jeito de dizer bem vindo
Deixa qualquer um bem querido
E você como promotora da língua
Traz para nos versos e prosa
Que encantam tanto quando te olhar
E ver a menina-moça feliz
Com esse cabelo caído, só charme
De quem sabe embelezar ao chegar
Com um feitiço de mulher brasileira
Que tem um que de divindade
E um sabe lá de profano e vaidade
Mas que trata todos com igualdade
Realmente tem seres que são beldades

Ulisses reis®
23/03/2011


Para Aninha GR

8 comentários:

fatti___ disse...

oi Ulisses querido tudo bem? então eu ando por aqui com a reforma e decoração do apê, muito trabalho agora chegando ao fim estamos na parte de decoração quase no fim, eu gostei de ver A Regina ai nesse cantinho, dei uma passeada nesse teu cantinho e gostei muito vou seguir -te viu, bjus e volte sempre.

PS: eu fechei os outros blogs, tudo tem um começo e fim né, eu cheguei ao final, gosto muito desse cantinho da decoração, é o que gosto realmente de fazer rs.

bjus e carinhos
fatti

Liz Albuquerque disse...

ótima semana para vc!!
Sempre adoro o que vc escreve!

Rebekinha disse...

Bela homenagem Ulisses.
Que sua semana seja iluminada e cheia de paz, prosperidade e amor.
Beijokas doces.

AninhaGR disse...

Pois conseguiste deixar-me sem palavras. Afagaste meu ego de pseudo-poeta. Mas muitíssimo obrigada pelo carinho e parabéns pelo talento! Paz, luz e inspiração, sempre! (Ah, e já te sigo faz um tempinho; repara nos avatares de teus seguidores e encontrarás uma com cabelo caído).

Arigi Kuwanna disse...

Olá meu querido Ulisses,
Venho mais uma vez retribuir a visita e o carinho, que belo poema e linda homenagem, como sempre atencioso para com todos e isso é o que mais admiro em ti.
obrigada pelo carinho e pelo comentário que me deixaste. a reciproca é a mesma.
Bjos se cuida e tenha uma linda semana, repleta de fantasia e mágica!

Dona Moça disse...

querido,
desculpe a ausência. desde que reativei o blog estou sem tempo de passar mais tempo.

o trabalho e a faculdade andam me consumindo. e final de semestre, nem se fala. loucura total e cansaço ao extremo.

me perdoa?

bjs e bjs

Celamar Maione disse...

Bela homenagem !
Poesia inspirada...gostei !

Abs

Alê disse...

Estou em dívida... =(,

Bom, mas vou falar do cabelo: tem coisa, vez em quando, mai feminina que o cabelo? Dispensa palavras. Se vier acompanhado de um sorriso: derrete!

Eu acho o cabelo e a forma de usá-lo uma expressão e tanto da gente mesmo... Esvoaçantes, amarrados, numa trança, bem curtinhos, num chanel, não importa, basta vir acompanhado de um sorriso, fica perfeito!


Um beijo!!!!