Seguidores

New Translator....

sexta-feira, 21 de outubro de 2011

Minhas pétalas

Minhas pétalas

Eu que vislumbra as tuas pétalas
Servi-me da maciez e alfazema
Que me deliciei com o perfume
E que conheci sim a essência
Da beleza que a poucos mostra
Que vem de dentro de amostra
E deixa que pense que é oposta
Eu deslizei minhas mãos nas costas
E senti o revelo arrepiada resposta
Troquei de sabores com ardores
Olhei-te andando e faceira
Nossa magistral Lilith feiticeira
Agora me rendo totalmente
Sem nenhum medo recente
Sou eu o gerente do caminho
Que me levou ao teu carinho
Então passo a mão nas pétalas
Que caricias sempre mereceram
Que não a deixo sem meu afago
Minha flor que ilumina é luz
Vem pertinho já me seduz
Diz que não tem culpa e dó
Sei que não vai me esquecer
E sim será o afago que preciso
Aquele que vem e faz colo abrigo

Ulisses Reis®
18/06/2011

6 comentários:

Ayesk@ disse...

Bom-dia!!!
Saudades de passar por aqui!
Lindo , lido como sempre!!!

Beijos doces carinhosos, uma mega sexta e findi!!

SenhoraLúcifer disse...

Eita!
Lindo, sútil, delicado e delicioso como tudo o que você escreve.
Amei meu doce e querido poeta.
Beijos gulosos.

Simone butterfly disse...

lindo seu poema meu anjo, belo

P. Amarela disse...

Meus bom Deus, que mulher não mataria para ouvir isso? Sua escrita é como sempre linda e encanta. Que bom q sabe apreciar a beleza que vem de dentro, lindo, lindo poeta!

REGGINA MOON disse...

Ulisses,

Lindo verso, o seu estilo é único, o que te faz tão especial no nosso amado mundo poético!!Parabéns!

Um grande beijo e tenha uma ótima semana!!

Reggina Moon Poesias

Simone butterfly disse...

lindo amigo fico feliz que gostou e guardou a poesia, tentei comentar lá no outro blog, não conseguir, beijos querido!

Num riacho de águas mansas...
Joguei as tristes lembranças!
Elas correm pra longe de mim...
É melhor que seja assim!
São apenas sentimentos...
Despojei do pensamento!
Vão-se nas águas frias...
Pra que volte a minha alegria!
beijos e ótima segunda-feira!