Seguidores

New Translator....

quarta-feira, 15 de dezembro de 2010

Sonho derradeiro

Sonho derradeiro


Minha menina
Tu és sagrada
De joelhos te abraço
Imploro todo espaço
Tu meu balsamo
Cura-me da solidão
Minha sede te bebe
Confesso minha paixão
Sou marginal em comunhão
Minha Afrodite perfeição
Meu ar respiração
Traz vida e satisfação
Meu vinho da unção
Busco esse tesouro
Na cama juntos
Invada e transforma
Em minhas terras teu relevo
Desbravo ravinas e colinas
Teus seios na minha mão
Minha flor de laranjeira
Teu perfume me tonteia
Embriagado
Transbordo enlouquecido
Em ti sou presente ativo
No lençol macio
Você é meu abrigo
Mergulho no teu cio
Minha moradia
E tu me acolhe
Inteiro, faz-me parceiro
Teu companheiro


Ulisses Reis®
05/03/2008

4 comentários:

Patricia s2 disse...

como sempre provocando suspiros...
bejuxus

Janaina Cruz disse...

Há amores que encaixam-se perfeitamente em nós, e todos os espaços que sejam além serão considerados meros devaneios...
Oh, meu querido, obrigada por me deixar poesias belíssimas, isso preenche meu olhar de luz.
AH, não foi só no blog que postei as tuas poesias, postei as no meu recanto também, e foram muito comentadas, claro que te dei os créditos, coloquei as em homenagem:

http://recantodasletras.uol.com.br/homenagens/2657174

http://recantodasletras.uol.com.br/homenagens/2657179

✿Lady✿ disse...

A entrega no desejo faz a alma transbordar...
Passando para desejar tudo de bom.
Paz e Luz
Bjs

Reticências disse...

Que bundas maravilhosas você coloca nesses seus blogs...

Transbordar é uma arte, pois na maioria das vezes precisamos saber voltar ao estado original.

Bjo