Seguidores

New Translator....

domingo, 30 de julho de 2017

Boca Tango

Boca Tango

Tuas curvas são ritmo de samba, tua boca tango
Nela desliza vermelho e cria uma química e rango
Onde a fome se junta à vontade de beijo e desejo
No olhar tu és faminta de paixão, tesão com festejo
Deixando teu colo com volúpia de mulher e Lolita
Tuas fotos revelam que tu tens conjunto e não limita
Como usa teu saber de sedução como arma e violão
Onde tu mesma tocas cada instante uma grande canção
Envolvendo o fotografo em exuberante imagem
E assim sendo você Musa que é toda selvagem
Sempre deixando um olhar de lado querendo prazer
Pois sente excitação quando fotografa bela ao fazer
Então tua boca dança tango e você que homens faz rango

Ulisses Reis®
03/07/2017

Para Julie Xavier 

Um comentário:

CÉU disse...

Um poema muito sensual, onde a boca é manjar.

Eu estou bem e em Lisboa, capital do meu país, Portugal.

Bom domingo, melhor semana, Ulisses!