Seguidores

New Translator....

terça-feira, 23 de setembro de 2014


Cada parte com sua beleza
Mas nem toda poetisa é alteza
Cada canção é uma flor, certeza
E nos versos é pura destreza
Cada crença vem, faz fortaleza
E a vão filosofia não é estreiteza
Cada querer é desejo e gentileza
E a verdade não pode ter impureza
Cada manhã vivencia leveza
A janela é a vida com natureza
Cada motivo é feito de miudeza
Tuas maneiras cheias de presteza
Cada aprendizado, pingo de safadeza
Brilho e existência de realeza
Cada navegar preciso, sem tristeza
O rio lento é tempo com viveza

Cada parte com sua alteza
Mas nem toda poetisa é beleza
Cada canção é uma flor e destreza
E nos versos é pura certeza
Cada crença vem com estreiteza
E a vão filosofia poderá ser fortaleza
Cada querer é desejo e impureza
E a verdade não pode só ser gentileza
Cada manhã vivencia a natureza
A janela é a vida e leveza
Cada motivo é feito de presteza
Tuas maneiras cheias trás miudeza
Cada aprendizado, pingo de realeza
Brilho e existência com safadeza
Cada navegar preciso é viveza
O rio lento é tempo e tristeza

Ulisses Reis
23/09/2014


Um comentário:

Reggina Moon disse...

Ulisses,

Muito grata pelo belo poema e carinho de sempre!!

Beijos!!

RMoon