Seguidores

New Translator....

sexta-feira, 4 de março de 2011

Caille

 
Caille

Nem tudo de ti foi tirado
Fica o gosto do beijo dado
O perfume do amor deixado
Tem o desejo ainda melado
À vontade de ver a porta abrir
O querer sentir o sol sorrir
A tua voz retorna a ouvir
Amanhã está por se definir

Tudo em ti é permitido
Tuas curvas deliciosas, saborear
No teu seio carinho a afogo rechear
Descer língua e no umbigo apavorar
Deixando teu corpo tremulo, gozar
Voltar na tua boca e nela se afogar
Sugando tua língua e por cima de ti
Realizar

Ulisses Reis®
21/06/2010

Para Caille ( http://chochosdepapel.blogspot.com )

2 comentários:

† A Dangerous Mind † disse...

Olá! Como vai?
Obrigada pelo carinho depositado em meu blog, gostei muito do seu e desde já volte sempre!


bjos^^

Sonia Pallone disse...

Não existe embriaguez maior do que a alma louca de um poeta...