Seguidores

New Translator....

terça-feira, 17 de janeiro de 2012

Conjunção Solar

Conjunção Solar

Na minha boca o sabor nas tuas coxas, ardor
E você que tem esse lindo sorriso com valor
E eu desço pelo seu dorso e tenho calor
E faço não só o corpo arrepiar, mas sim voar
Não só no pensamento, mas também com o tato
Assim eu te faço sentir o começo nos abraços
Onde senti que estou feliz e serei atrevido
No enlace de corpos num único pequeno espaço
Onde unidos teremos uma só unção, pura conjunção
E assim venho a ti reclamar orgasmos e arfares
Agora o Sol brilha sorridente e tuas curvas ardentes
E como uma mulher inteira e feiticeira, venha festeira
Pois neste momento somos como seres faceiros
E aqui tem em mim um cúmplice não mais forasteiro

Ulisses Reis®
17/01/2012

Para Sol Montosa

2 comentários:

Lily disse...

Embalei-me nesse querer, nessa promessa que se faz concreta!

Um abraço,

Suzana/LILY

Patricia Thomaz disse...

Uma entrega perfeita. Sempre me perco em suas palavras e sinto cada uma. Adoro seus escritos.
beijinhos