Seguidores

New Translator....

segunda-feira, 1 de março de 2010

Senhora


Senhora

Senhora minha paixão, me curvo sem desengano
Com honra e disposição não me canso de viver
Pois sou teu mapa descubra teu caminho
Faça de mim teu menino
Nos dias e noites saboreei o que pode haver
Peça o que queres, tome o que desejas
Toque e deslize tenha todos os prazeres
Enlouqueça, sussurre e arranca poderes
Traga-me magia, fogo e teimosia
Dar-te-ei meu corpo moradia
Meus braços todo o espaço
E assim eu não enlouqueço
Paixão Senhora Minha

Ulisses Reis®
11/03/2008



3 comentários:

RENATA MARIA PARREIRA CORDEIRO disse...

Lindo************************************************************************************

SÓ VOCÊ

Só você

Pode fazer com que este mundo

Ganhe sentido

Só você

Consegue rebrilhar a escuridão

Só você

Consegue emocionar-me deste jeito

E encher o meu coração de amor

Amor por você somente

A verdade é que você

Só está destinada a mim

Só você

Consegue mudar-me tanto assim

Pois quando pega na mão

Eu compreendo

A mágica que traz

Só minha!

O meu sonho real

Única e somente você!


Trad. pela Renata

Beijos, querido!
Até mais

REGGINA MOON disse...

Almeida,

Que verso apaixonado, na dose certa da paixão...

Lindo!Parabéns!

Grande beijo e ótima tarde!

Reggina Moon

RENATA MARIA PARREIRA CORDEIRO disse...

Olá, querido*

*Se às vezes silencioso e pensativo
ao teu lado me sentes ou sentias,
é que eu acho em teus olhos a harmonia
de um linguajar dulcíssimo e expressivo.

E então tu és tão minha, que eu me privo
até de ouvir-te a voz, porque acharia
que rompendo o silêncio desunia
meu ser do teu, pois na tua alma vivo.

E estás tão linda; o meu prazer é tanto,
é tão completo quando assim te miro;
sinto no coração tão doce encanto,

que acho às vezes que em ti eu só admiro
uma visão celeste, um sonho santo
que vai desvanecer-se se respiro!

Guillermo Blest Gana (1829-1904)*
Trad. da Renata

Beijos
******************************

Estou com os pés inchados. Tive de dormir, agora vou tentar que alguém de um jeito neles. Por isso, só vim hoje.
Renata